[Resenha] Identidade Roubada, Chevy Stevens

Título: Identidade Roubada
Autora: Chevy Stevens
Editora: Arqueiro
Páginas: 256
Onde comprar: Amazon

"Ah! E, caso queira saber, não, sem sempre fui uma pessoa amarga".

Em Identidade Roubada, vamos conhecer a história de Annie, ela é uma corretora de imoveis, ela tem uma vida boa, considerada por muitos, tem uma casa, um ótimo namorado, um bom emprego e uma cachorra.


É mais um dia de trabalho e Annie está de plantão na corretora, quando um homem doce e simpático entra na imobiliária e diz que quer ver uma das casas. O que Annie não sabe é que esse doce homem, na verdade é um maniaco, e ela está prestes a se tornar sua próxima vitima.

"Existe por ai um monte de livro dizendo que a gente cria o próprio destino, e que aquilo em que acreditamos irá se realizar. Nós devemos sair por ai só com pensamentos positivos na cabeça, e atenção tudo será sombra e água fresca. Não.... Desculpe... Não é nada disso. A gente pode estar se sentindo mais feliz do que nunca e mesmo assim pode acontecer uma grande merda. Mas a merda não apenas acontece. Ela derruba e esmaga você no chão, porque somos idiotas o bastante para acreditar em sombra e água fresca".
O livro é narrado em primeira pessoa, e nele percebemos que o sequestro já aconteceu e Annie tenta voltar a sua vida "normal". Ela esta fazendo tratamento com uma terapeuta, e é como se nós fossemos esse terapeuta, ela fala direto para nós.



Cada capitulo traz uma nova seção dessa terapia. E cada seção conhecemos o caso a fundo, e descobrimos tudo o que aconteceu com ela.

Mesmo tendo passado por todo o tipo de loucuras, por parte do maniaco, ao voltar para casa, ela percebe que não conseguirá voltar a sua vida de antes. Ela sofre muita pressão por parte da imprensa, para falar sobre o ocorrido, tem que lidar com as crises da sua mãe, entre todos os traumas que a tormentam e que ela tem que enfrentar no dia a dia.

Nunca tinha lido nada da autora, e me surpreendi muito com sua escrita. Apesar de ser um livro pesado, a cada pagina lida, você quer saber como ele vai terminar.

A autora traz tantos detalhes, que nos transportamos para a história, e sentimos na pele tudo o que Annie está passando.



Se você gosta de Thriller ou suspense, com final surpreendente, Identidade Roubada é um prato cheio para você.

" É estranho, doutora... Fiz muita coisa naquela montanha, muita coisa que não queria fazer e que nem queria acreditar que fosse capaz. Mas naquela noite? Quando penso como virei o zumbi que sou hoje, como pude ficar tão perdida, sempre volto aquela noite... a noite em que pus a alma em risco a fim de abrir espaço para o diabo".
Classificação:

Nenhum comentário