sexta-feira, 22 de dezembro de 2017

[Resenha] Procura-se, Giovanna Vaccaro

Título: Procura-se
Autora: Giovanna Vaccaro
Editora: Coerência (cortesia)
Páginas: 440
Onde comprar: Loja da Editora

Procura-se é um livro vira-vira que nos apresenta duas versões de uma mesma história. Na primeira versão, Procura-se um coração, conhecemos a história de Ariane por seu próprio ponto de vista. E na segunda versão, Procura-se um amor, conhecemos a história de Miles, que está de volta e precisa enfrentar muitas coisas, inclusive uma paixão platônica que sentia por Ariane.

Procura-se um coração nos apresenta à uma situação choque: Ariane está morrendo. Ela vive com uma doença arterial chamada coronariana desde os seus seis anos de idade e, até então, a doença estava controlada, mas, conforme o tempo está passando, o coração de Ari está perdendo a força e tende a parar se ela não conseguir um transplante.

Ela vive com o pai e a irmã e a outra pessoa que sabe da doença além deles é sua melhor amiga, que a ajuda, quando necessário. Ari leva uma vida até que ok por tudo o que sofre e não se limita a ficar dentro de casa com medo do que pode acontecer, ela se arrisca a viver. Tudo muda quando um novo aluno chega na escola. Seu nome é Miles. Mas, ele não é de todo novo, ele já estudou naquele colégio e conhecia as meninas, mas ele era feinho e agora está de arrasar corações.


Tudo que Ari não queria era se envolver emocionalmente com mais ninguém. Ela já tinha dramas pessoais o suficiente que envolvessem sua doença e a ausência da mãe para ganhar mais um, mas, um trabalho de história – santa história! – faz Miles e Ari precisarem ficar juntos e muitas coisas acontecem. A Ari conseguiria encontrar um coração a tempo? Ela poderia se salvar?

Procura-se um amor é narrado da perspectiva de Miles e, apesar de possuir muita semelhança com os acontecimentos de Procura-se um coração, esse livro nos apresenta situações novas que envolvem Miles.

Ele está de volta à sua cidade natal: Nova York apesar de ter uma vida estabilizada em Indiana. Ele tinha tudo por lá, não queria voltar, mas é forçado por sua tia e se vê preso a recomeçar a vida. Como é sua cidade natal Nova York não apresenta muitas coisas novas. Na verdade, ele apresenta coisas semelhantes e traz à tona um sentimento que achou que tinha esquecido: sua paixão por Ariane, uma das poucas pessoas que falavam com ele no passado.


Por conta do trabalho de história (que falei ali em cima) os dois começam a se relacionar e Miles faz muitas descobertas sobre a vida de Ari e vê sua vida mudando completamente. 
“Nunca acreditei em amor de verdade ou coisa do tipo, mas quando eu colocava os olhos sobre ela, essa era a minha única verdade. De que, realmente, existia um amor. E o meu esteve jogado bem ali, em cima da mesa, apesar aguardando para ser pego por ela.”

Apesar de eu ter apresentado um resumo das duas histórias, é bastante difícil falar delas em separado, afinal, são dois personagens que me encantaram completamente. No começo de Procura-se um coração, preciso confessar que fiquei bastante confusa com o que estava acontecendo e qual doença Ari tinha, pois a revelação demora um pouco para ser feita, mas, quando ela é feita, eu senti meu corpo desmoronar no sofá. Como algo assim poderia acontecer com alguém? É muita maldade, muito sofrimento e esse foi o primeiro momento que chorei no livro. Depois acabei chorando em muitos outros momentos.

Quando vi Miles aparecer, da perspectiva de Ari, pensei: que Deus grego. Ele deve se achar. Por óbvio, tudo isso é esquecido conforme conhecemos o personagem e vemos sua essência. Sob a perspectiva de Miles, não senti isso porque eu tinha super me conectado a ele. Em relação ao desenrolar da história é como andar de montanha russa. Em alguns momentos você tem uma sensação pura de felicidade e contentamento, em outras, seu coração é partido em milhões de pedacinhos.


Agora, o ponto alto dos livros é o final. Eu, juro, precisei de um transplante quando li os acontecimentos que a Giovanna reservou para nós. O coração veio à boca e pulou para fora. De cara foi bem difícil – bem difícil mesmo – aceitar o que tinha acontecido e é aí que as notas explicativas da autora fazem toda a diferença e compreendemos melhor os acontecimentos.

Procura-se foi uma história que ganhou meu coração pouco a pouco e depois o destruiu. Adorei o rumo que a história tomou e é impossível não recomendá-lo. As pessoas precisam conhecer a história de Ari e Miles!


Classificação:

15 comentários:

  1. Caramba...eu amo histórias assim. Com todo esse drama, mas também com essa vontade do personagem viver tudo que a vida lhe entrega.
    Não conhecia o livro e já fiquei encantada de cara com a capa e título. Daí vem a resenha e bagunçou tudo por dentro.
    Antes de conhecer a menina, eu já gostava dela..rs E preciso urgente conhecer as duas histórias que se completam!
    Vai para a lista de desejados agora!
    Beijo

    ResponderExcluir
  2. Oii
    Uau, adorei sua resenha e já quero ler esse vira-vira. Livros vira-vira são tão bonitinhos esteticamente né? kk Adorei a premissa deles, já anotei aqui no Skoob. Fora que as capas são linda. Parabéns pelo autógrafo.
    Bjos, Bya! 💋

    ResponderExcluir
  3. Por algum motivo, eu desconfio sobre o que acontece no final. rsrs
    Em todo o caso, é um livro daqueles que a gente tem que segurar o coração, senão desaba né? Senti isso na sua resenha. Vou reservar um espaço para ele aqui na minha estante.
    Bjs
    Lucy - Por essas páginas

    ResponderExcluir
  4. Ola,
    Como eu amo livros assim, nesta ideia de vira-vira que acaba sendo mega pratico para nós meros leitores. Fiquei um pouco admirada com o conteúdo e a autora pois realmente as capas não demonstra em minha perspectiva o real conteudo.

    ResponderExcluir
  5. Olá, que bacana saber que esse livro traz duas histórias em uma só. Confesso que tenho receio de o final das histórias ser emoção demais para mim. Muito boa sua resenha.

    ResponderExcluir
  6. Eu não conhecia e achei super interessante essa ideia de ter duas versões. Amo perspectivas nas histórias. Fiquei querendo conhecer mais sobre Ari e saber do desfecho. Sem dúvidas adicionei na lista de desejados. Obrigada pela indicação <3

    www.saidaminhalente.com

    ResponderExcluir
  7. Oiii Bruna

    A Giovana Vaccaro é uma gracinha de pessoa, além de ser uma jovem autora muito talentosa, merece todo o sucesso do mundo. A história parece ser bastante comovente, fico feliz em saber que esse final conseguiu te conquistar e emocionar.

    Beijos

    www.derepentenoultimolivro.com

    ResponderExcluir
  8. Olá!
    Ja nas primeiras linhas da sua resenha tinha ficado interessada e poder ver que conseguiram levar a trama até o final em ponto alto me deixou bem animada e com grandes expectativas.
    Me agradaria essa leitura com certeza.
    Beijos!

    Camila de Moraes.

    ResponderExcluir
  9. A capa de PROCURA-SE UM CORAÇÃO já me conquistou, depois lendo sua resenha, sobre o jeito como o livro é feito, nossaaaaa amei! Estou completamente cativada pela história, quero muito ler! Adorei suas fotinhos, ficaram ótimas, parabéns Bruna, estou até com uma invejinha, kkkk, beijos

    Nara Dias
    Viagens de Papel

    ResponderExcluir
  10. Oi, tudo bem? Não conhecia os romances e achei a sacada de as histórias serem vira-vira muito interessante e inovadora, ainda mais por serem histórias que se complementam. Achei as capas lindíssimas! As narrativas não me chamaram muita atenção, mas fiquei tão curiosa por causa da sua resenha que fiquei meio tentada a procurar, sabe? Não conhecia a editora, vou procurar o catálogo dela!

    Love, Nina.
    Feliz ano-novo!
    www.ninaeuma.blogspot.com

    ResponderExcluir
  11. Quando vi esse livro pela primeira vez, achei a ideia genial de fazer um vira-vira. Agora me surpreendo com a sua empolgação ao falar sobre o livro, já quero muito ler hahah conhecer o Miles e essas histórias lindas <3

    ResponderExcluir
  12. Oie!
    Nucna vi esse livro, gente! Que coisa mais lindas!
    Fiquei mega curiosa sobre, e tô doida pra conferir ambas as histórias. Adoro quando algo é contado por mais de uma perspectiva. Adorei sua resenha!

    ResponderExcluir
  13. Olá
    Meu Deus já estou aflita aqui imaginando esse final...senhor me ajuda.
    Livros com o tema de alguma doença sempre são emocionantes quando bem escritos e esse matece ser um desses liros e logico que já quero ler,( como diz minha mãe chorar um poco lava a alma). Dica super anotada.
    Boas Festas
    Jis Rocha

    ResponderExcluir
  14. A criatividade do ser humano me intriga. Amei essa ideia do vira vira com dois pontos de vista, sem contar que as capas estão lindas demais. <3 Já quero. E minha listinha de livros desejados só aumenta. Um beijo e muito sucesso para você e equipe do blog. Um beijo.

    ResponderExcluir
  15. Boa tarde, goste muito da resenha, amei a apresentação que você fez do enredo e com certeza os dois livros estão anotados como dica de leitura.

    http://amantedoslivrosmercia.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir