quarta-feira, 4 de outubro de 2017

[Resenha] Psicopatas e outros distúrbios, Vários autores

Título: Psicopatas e outros distúrbios
Autores: Vários autores
Editora: Young Editorial
Páginas: 234

Psicopatas e outros distúrbios chegou até minha casa por conta de um conto – Além do que se vê – de uma amiga, a Tayana Alvez (obrigada amore!). O conto não era tanta novidade assim, pois acompanhei – até certo ponto – o momento de sua escrita, mas quem não quer ver a amiga publicada, não é? Entretanto, essa resenha não será um ode a ela (risos).

O livro contém 25 contos escritos por membros da Sociedade Secreta dos Escritores Vivos que prometem tirar o sono do leitor. Apesar da promessa contida no livro, não consegui sentir o medo e arrepio que imaginei que viria lendo esses contos e acabei achando alguns bastante ruins. Durante a leitura, tive a impressão que muitos autores pensam que medo é algo sangrento e nojento e, bem, o ato de aterrorizar alguém está longe de ser isso. Entretanto, existem alguns contos que me conquistaram, seja pela escrita fascinante ou pela história que dá aquele arrepio gostoso na coluna e é sobre eles que vou falar com vocês.

O primeiro conto que me pegou de jeito foi o conto da Tayana. Me surpreendi ao vê-lo no livro, pois não me lembrava do quão impressionante ele era. O conto nos apresenta a uma história de um professor que abusa e mata algumas alunas. Narrado com atualizações das aulas e com um final com um policial narrando, esse livro nos faz imaginar, realmente, a mente de um psicopata.

O segundo conto que me agradou bastante foi Pássaro, escrito pela Luiza Lentz. Ele me surpreendeu muito e me sentir nauseada por tudo que ele retrata. Também gostei muito de Sem motivo aparente (E.S. Siqueira), Papéis Sociais (Bian Philippi), A quem possa interessar (Alane Brito), Preciso de um Lanche (Alessandra Tapias) e O Homem do Bosque (Mayra Carvalho).

Agora, o conto que mais me agradou foi o último – O Anjo – escrito por Denise Blanco. Esse conto arrepiou minha espinha completamente e foi a cereja do bolo. A autora escreveu uma história que lembra um filme famoso (não vou dizer qual para não estragar a surpresa) e que pega o leitor em cheio.


Como vocês devem ter percebido, a leitura foi cheia de momentos bons e ruins e alguns poucos assustadores, mas, por todo o contexto da obra, pela edição linda e por todo o trabalho que a editora e autora tiveram, é uma leitura que vale à pena ser feita e que eu indico.


Classificação:

17 comentários:

  1. Que pena que com você o livro não surtiu o efeito pretendido e olha que pela capa e pelo título achei que seria uma leitura de arrepiar os cabelos, mas que bom que teve alguns contos que te cativaram.
    Concordo com você, tem pessoas que acha que sangue, carnificina já é terror, precisam rever algumas coisas rsrs.

    Beijos.
    https://cabinedeleitura0.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Que coletânea bacana, ainda mais porque você conhece uma da sautora. Não é exatamente o estilo de livro que leio pela abordagem, mas adoro contos e fiquei curiosa.
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Oi, Bruna!
    Gostei da resenha e apesar de alguns contos não parecem bacanas a seu ver, fiquei interessa nesses outros citados por você. Não conhecia o livro e ficarei de olho nele para futuras compras. ;)
    Beijão!
    http://www.lagarota.com.br/
    http://www.asmeninasqueleemlivros.com/

    ResponderExcluir
  4. Olá...
    Adorei a resenha!
    Ainda não conhecia a obra, mas, adorei conferir um pouco mais sobre ele por aqui. Achei alguns contos interessantes e fiquei com vontade de ler, como foi o caso de PÁSSAROS.
    Dica anotada
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Heey Bru.
    A Young Editorial está publicando ótimos livros e antologias de terror, e eu estou amando muito tudo isso. Mal vejo a hora de ler esse, e principalmente descobrir qual filme se assemelha a "O Anjo" haha. Adorei essa capa, é muito sugestiva.

    Adorei o post e o blog. Beijão!
    https://bloggmundodoslivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Oie!

    Adorei a proposta dessa obra e com certeza em algum momento irei atrás dele para conhecer mais de perto os contos que compõe a obra, a capa está muito linda e foi o que despertou mais a minha atenção! Espero em breve te-lo em mãos!

    Bjss

    ResponderExcluir
  7. OI Bruna,
    Que pena que sua experiencia não foi tão boa com alguns dos contos. Felizmente alguns me parecem ter sido muito bons! Particularmente eu não gosto muito de contos por isso vou deixar a dica passar.
    Beijos
    Blog Relicário de Papel

    ResponderExcluir
  8. Olá.

    Não conhecia esse livro. Uma pena que você não tenha curtido muito o livro, mas ainda sim conseguiu extrair boas leituras da trama. Eu não curto muito livros de contos, então passo a dica. Amei sua resenha e a foto!

    Beijos

    ResponderExcluir
  9. Olá! Eu não sou muito chegada em contos e infelizmente não me atraiu, ainda mais com você falando que alguns são bastantes ruins. Eu vou deixar a indicação passar, mas eu adorei o seu post ❤️

    ResponderExcluir
  10. Oii Bruna, tudo bem? Eu não sou uma grande leitora de contos, mas adoro histórias de suspense e de psicopatia. É a primeira resenha que leio sobre o livro e acho que leria sim, se tiver a oportunidade. Adorei sua resenha e a foto ficou linda!

    Beijos

    ResponderExcluir
  11. Oi Bru, tudo bem?
    O ruim de antologias é que pela diversidade de escritores sempre acabamos encontrando contos bons e outros que ficamos sem entender como é que foram selecionados para estar ali. Ainda bem que você se agradou e se surpreendeu com alguns.
    No momento vou deixar a dica passar.
    bj

    ResponderExcluir
  12. Oie,tudo bem? Eu particularmente não gostava muito de contos mas to abrindo minha mente aos poucos haha. Comecei com o King e nada mais justo que continuar com meu gênero preferido, o terror. Além do mais, que lindeza um livro desse tipo de autores nacionais ❤ ja quero. Fiquei mega curiosa pra saber qual o filme famoso que lembra o conto aí. Bjossss

    www.porredelivros.com

    ResponderExcluir
  13. Olá! Fico feliz que tenha gostado do meu conto (Preciso de um Lanche). Eu escrevi pensando unicamente na proposta do tema, que é "psicopatas". Não me apeguei ao gênero terror, horror, ou suspense. Criei um personagem psicopata e deixei que ele conduzisse a história. Acho que deu certo, rsrs.

    Bjks

    ResponderExcluir
  14. Oi Bruna! Fico muito lisonjeada que tenha gostado do meu conto O Anjo! Só não sei com qual filme ele guarda relação hahahaha! A resenha ficou ótima, e aguardo por mais resenhas suas! Grande abraço!

    ResponderExcluir
  15. Oi!
    A temática do livro é incrível, mas é uma pena que os autores não souberam desenvolver os contos, como voc~e disse terror e psicopatia não precisa ser nojento e cheio de sangue e tripas.
    Que pena que a maioria dos contos foi nessa vibe e o livro não foi tão bom assim

    ResponderExcluir
  16. Olá!
    Eu fiquei bem interessada na temática do livro, mas ao mesmo tempo com um pé atrás porque os autores não conseguiram desenvolver muito bem certos contos. Mas, mesmo assim, acho que vale a pena dar uma conferida.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  17. Migs, na crítica dessas!
    Amei seu post Bru, obrigada mesmo pela força para a antologia.
    ♥️

    ResponderExcluir