[Resenha] A Busca, Lisa Kleypas - The Travis Family #3


Título: A Busca
Autora: Lisa Kleypas
Série: The Travis Family #3
Editora: Autêntica | Selo: Gutenberg (cortesia)
Páginas: 288
Onde comprar: Amazon

“Eu nunca tinha sido tão querida ou necessária para ninguém no mundo. Bebês são perigosos... eles fazem você se apaixonar antes que perceba o que está acontecendo. Aquela criatura pequena e solene não sabia nem dizer meu nome e dependia de mim para tudo. Tudo. Eu o conhecia há pouco mais de um dia, mas me jogaria na frente de um ônibus por ele. Eu estava à mercê do meu sobrinho. Isso era péssimo.”

Hannah Varner não teve uma infância fácil. Sua vida é regada a traumas e uma mãe que pouco se importa com ela e sua irmã mais nova, Tara. Mas, agora Hannah está melhorando, longe da mãe, namorando com Dane e tendo uma vida quase que perfeita, uma ligação de sua mãe muda sua vida completamente.

Na ligação, a mãe de Hannah informa que sua irmã teve um filho e que o abandonou em casa. Como sempre, ela não quer ter essa responsabilidade e decide delega-la para Hannah. Infelizmente, apesar de namorar há bastante tempo e gostar de seu namorado, Dane não é um cara compreensivo e deixa claro que ele não quer um bebê na casa onde moram, mesmo que ele não tenha onde ficar. Só que Hannah tem um coração bom demais e vai até sua antiga casa.

Ao chegar em seu antigo lar, ela se depara com Luke, um lindo bebê, e uma mãe histérica para que esse bebê vá embora, já que seu namorado chegará em breve. Tara deixou apenas uma carta informando que delegava o cuidado do bebê a sua mãe ou irmã e desapareceu.

“Eu quase conseguia entender Tara por ter imposto aquele problema avassalador a outra pessoa. Quase. Porque o que eu queria mesmo era matá-la. Minha irmã sabia que deixá-lo com nossa mãe era uma idiotice. Ela sabia que mamãe nunca ficaria com ele. E também que eu, provavelmente, seria recrutada para fazer algo a respeito. Eu sempre fui a solucionadora de problemas na família, até cair fora como um ato de autopreservação. E elas ainda não tinham me perdoado por isso.”

Em meio a tentar encontrar Tara, Hannah conhece Jack Travis, um milionário e possível pai de Luke, e acaba se conhecendo de uma forma que ela não imaginava. Travis seria o pai de Luke? Onde está Tara? O que Hannah fará de sua vida?

Quando recebi esse livro não imaginava que ele me encantaria tanto quanto encantou. Hannah é uma personagem bem construída que quer ter um bom futuro, mas que tem medo de lembranças do passado. Ela está tentando, mesmo após várias situações desastrosas e não existe nada mais encantador do que isso.


Dane é um personagem que me irritou muito. Eu achei muito legal a forma como ele parecia gostar da Hannah, mas, quando ele deixou de apoiá-la em um momento tão importante quanto esse e, principalmente, quando foi categórico ao falar que não queria um bebê em casa, eu senti muita raiva dele. O mesmo aconteceu com a mãe de Hannah, ela é uma personagem odiosa. Ela não se importa com as filhas e nada justifica suas atitudes. Eu acho que ela foi a personagem mais odiosa que já conheci.

“- Mamãe diz que eu sou uma vagabunda – Tara sussurrou na sala de espera do médico. – Ela está enlouquecida porque não sou mais virgem.”

Travis é aquele típico personagem que está ali para encantar o leitor, que te ganha aos poucos e que te deixa perdidamente apaixonado, como a protagonista, no entanto, nem tudo são flores, pois achei ele um pouco manipulador demais. Ele queria as coisas do seu jeito e, apesar de isso agradar muitas pessoas, é algo que me incomoda. A Tara é uma incógnita, ela pouco aparece, não sabemos muito dela a não ser pelas lembranças da Hannah, mas ela é uma personagem que faz o coração ficar apertado, pois demonstra que dramas do passado não são coisas simples, eles podem determinar a vida de uma pessoa.

“- Eu gosto de você, Hannah. Respeito o que está fazendo por sua irmã. A maioria das pessoas, na sua situação, pularia fora em vez de enfrentar o problema. (...)”

O desenrolar da história é um tanto quanto previsível, pois esperamos que haja um envolvimento romântico entre os personagens e que eles evoluam juntos e isso nos é entregue, mas a autora surpreendeu muito com relação a alguns acontecimentos e dramas que inseriu na história. Gostei muito da forma como a autora desenvolveu o amor familiar nesse livro e mostrou que o que realmente importa não é o sangue que circula nas veias das pessoas, mas o amor que elas sentem.

Outro ponto que preciso ressaltar nesse livro é como os personagens amadurecem. Eles não são imaturos no começo do livro, mas falta algo para eles sejam completamente maduros e o livro dá isso a eles de uma forma genuína. O final também foi muito interessante, principalmente, pelo quentinho no coração que ele trouxe.

Como vocês devem ter percebido, A busca foi um livro que me agradou em muitos aspectos e que me fez sentir muita vontade de ler outros livros dessa autora.

Por fim, li esse terceiro volume sem ter lido os outros dois e não senti dificuldade em compreender a história e os personagens. O único problema foi que soube da conclusão dos outros livros, mas isso não impede que eu queira ler todos eles.

Classificação:

16 comentários

  1. Queria dizer que nem conheço a história, mas já odeio Dane.
    Assim como a família da Hannah... Mesmo não sendo um gênero que costumo ler, fiquei interessada pela história e com vontade de ver a mudança da vida dela com a chegada dessa criança <3

    Dica anotada
    Sai da Minha Lente

    ResponderExcluir
  2. Olá, tudo bem? Ainda não conhecia esse livro da autora, porém achei bem interessante. É uma pena que alguns personagens sejam odiosos, mas ainda assim a trama parece ser bacana. Adorei a resenha e a dica!

    Beijos,
    Duas Livreiras

    ResponderExcluir
  3. Tudo bem?
    Tenho ouvido falar super bem dessa série.
    Eu não costumo ler históricos ou romances. Mas estou curiosa.
    Conheço a escrita da autora e curti.

    Beijos.

    www.alempaginas.com

    ResponderExcluir
  4. Olá
    Minha mãe acompanha essa autora e tem alguns livros dela, e vou ficar de olho para quando ela comprar esses livros, pois me interessei pela história, mesmo que previsível em alguns aspectos.
    Dica anotada e adorei sua resenha.
    Bjus

    ResponderExcluir
  5. A Kleypas é bem conhecida por seus romances de época e desde que vi essa série contemporânea dela me interessei em ler. Já gostei de saber desse maior amadurecimento que os personagens adquirem ao final da narrativa, isso é muito importante. A trama é recheada de personagens para odiar, não é? Gosto de perceber como o autor vai trabalhar o drama da obra quando o romance do livro é previsível. Estou ansios para ler essa série é bom saber que dá pra ler esse terceiro sem ter lido os outros dois.
    Beijos do Wes ^^

    ResponderExcluir
  6. Oi, Bruna. Eu amo os livros da Lisa e estou louca para ler essa série. Acho as capas lindas e cada volume me interessa mais que o outro. Adorei a sua resenha sobre esse volume, com certeza ele me deixaria envolvida com a história.

    ResponderExcluir
  7. Estou adorando esta série e não vejo a hora de ler este volume. Obrigada por me falar um pouco do livro.
    Bjs Rose

    ResponderExcluir
  8. Olá,
    Ah que história linda/triste. Gosto de livros que envolvem família, ou no caso a construção de uma. Nunca li nada da autora, e acho que poderia começar por este. Dica anotada.

    Debyh
    Eu Insisto

    ResponderExcluir
  9. Oi, tudo bem? Conheço a autora de nome, mas nunca quis ler nada dela. Este, não foge à regra. O fato de eu não querer ser mãe me afasta de narrativas que abordem a maternidade ou bebês. Então, esta história não é algo que me chama a atenção. Mas fiquei curiosa para saber mais sobre esse Travis e saber como ele é manipulador, porque acho ótimo ficarmos atentas a essas atitudes que, infelizmente, ainda são reproduzidas e naturalizadas na literatura. Achei esse namorada do guria bem escroto também, porque, ok, o filho não é dela, mas não é como se ela tivesse uma escolha (deixar com a mãe/avó? Entregar para a assistência social? Não parece uma escolha justa). Adorei muito a sua resenha! Mesmo que não seja um livro que me interesse, adorei ler sua opinião, especialmente porque acredito que temos opiniões parecidas.

    Love, Nina.
    www.ninaeuma.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. Oi, Bruna!
    Li o primeiro livro dessa série e achei um pouco cansativo. Embora a autora saiba conduzir a história, ainda prefiro seus romances de época, mas ainda quero dar uma chance a essa série.
    Bjs
    Lucy - Por essas páginas

    ResponderExcluir
  11. Olá, que resenha mais completa! Fiquei feliz que tenha gostado tanto da leitura do livro mesmo sendo o terceiro! Gostei de saber sobre as mensagens positivas que o livro tras sobre família e amizade, com certeza seria uma boa leitura! Obrigada pela dica!

    Beijos

    ResponderExcluir
  12. Olá Bruna, não conhecia o livro, mas pelos seus comentários o enredo parece estar bem bacana apesar da parte previsível, adorei saber que acontece um crescimento dos personagens e que a autora surpreende em alguns pontos *-* Dica anotada.

    ResponderExcluir
  13. Olá, tudo bem? A escrita da Lisa Kleypas é uma grade conhecida por mim, mas em romances de época. Ainda quero me arriscar nessa sua série contemporânea, e no momento me falta tempo heheh Pretendo mudar isso em breve, e pela sua resenha posso ver que irei adorar <3
    Beijos,
    http://diariasleituras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  14. Oi Bru! Esse livro será minha próxima leitura e adorei saber que os personagens amadurecem, que o amor familiar é bem desenvolvido e que a autora inseriu dramas na história. Também vou ler sem ter lido os anteriores, que bom que isso não prejudicou o entendimento.

    ResponderExcluir
  15. Oi Bruna, eu tenho lido comentários positivos e empolgados dessa série e este livro em particular me chamou muito a atenção pelo enredo e por seus personagens que encanta, acho que farei o que vc fez, ler este terceiro livros antes dos dois primeiros. Eita curiosidadade!

    Bjo
    Tânia Bueno

    ResponderExcluir
  16. OOi!
    Não conhecia o livro, ou não me lembrava de já ter visto. Mas parece ser, realmente, muito encantador! Já li um livro da autora, e amei a escrita dela, já vou anotar essa dica também. <3

    ResponderExcluir