[Resenha] Maus, Art Spiegelman

Título: Maus
Autor: Art Spiegelman
Editora: Companhia das Letras | Selo: Quadrinhos na Companhia
Páginas: 296
Onde comprar: Amazon

"Levaria muitos livros, minha vida, e ninguém quer ouvir essas histórias".

Em Maus, vamos conhecer a história de Vladek Spiegelman, pai do autor. Ele foi um dos sobreviventes do campo de concentração Auschwitz.

Aqui Vladek conta seus medos, suas angustias, seus sofrimentos, e os traumas .

O foco desta história é relatar um dos piores períodos que a humanidade viveu, o holocausto.

No inicio da história vemos Art indo visitar o seu pai, a fim, de escrever as memorias de sua vida. Percebemos que a relação entre eles, não é das melhores, Vladek é um homem mesquinho e isso faz com que Art não tenha paciência com ele.
"Na quarta-feira as vans vieram. Anja e eu vimos o pai dela na janela. Ele estava arrancando os cabelos e chorando. Ele era milionário, mas nem isso salvou sua vida".
Em suas memorias Vladek fala de sua juventude e de sua vida na polônia. Sua esposa Anja, é de família rica, e isso trouxe uma certa estabilidade ao casal, nos primeiros anos de casados.


A vida deles tem uma grande reviravolta, quando os alemães chegam a Polônia. Aos poucos eles foram perdendo espaço perante o momento que viviam, toda a fortuna que seu sogro construiu ao longo de anos de trabalho "protegeram" eles por um tempo, mas não os salvaram, dos horrores deste período.

Eu demorei um pouco para realizar a leitura, pois a história é bem detalhista, e o assunto é pesado, portanto precisava de tempo para refletir sobre algumas passagens e digeri-las. Mesmo sendo uma HQ, consegui senti toda a atmosfera que o autor quis passar.

Outro ponto que achei bem interessante e criativo, foi que o autor representou os personagens como animais, Judeus são ratos, Nazistas são gatos, Franceses são sapos, Poloneses são porcos e Estadunidenses são cachorros.
"Foram muitas, dessas histórias, sinagogas queimadas, judeus espancados sem motivo, cidades inteiras expulsando todos os judeus, cada história pior que a outra".
Sou iniciante no mundo das HQ's, mas já posso dizer que Maus entrou para os meus favoritos, pois aborda um assunto tão pesado, de uma forma criativa, e faz com que ficamos curiosos em conhecer essa história.


Já li alguns livros, e assistir alguns filmes que falam sobre o assunto, mas poucos mexeram tanto comigo, como Maus.

Indico para não leitores de HQ, iniciantes, ou para quem gosta deste tipo de leitura.

Classificação:

13 comentários

  1. Ola Vanessa por se tratar de um tema denso confesso que não leria nesse momento, a capa chama atenção, vou deixar para ler em outro momento.

    Joyce
    Livros Encantos

    ResponderExcluir
  2. Também me sinto tão iniciante neste gênero, mas fiquei fascinada com tudo que li acima. Amo livros que tragam um pouco sobre esta época negra do nosso passado e tento a todo custo, aumentar minha coleção de livros sobre o Holocausto.
    Não conhecia a Hq, mas já a quero na minha estante!
    Beijo

    ResponderExcluir
  3. Eu sempre vejo esse livro a venda na Amazon, mas confesso que nunca sei muita atenção pra ele, mas essa resenha me fez mudar de idéiA, pois mesmo se tratando de um assunto mais pesado,eu o leria sem dúvidas.

    ResponderExcluir
  4. Amo livros com essa premissa, mesmo já tendo visto inúmeros retratos do holocausto eu sempre me surpreendo e emociono. Tenho que dizer que é inovador esse retrato que o autor usou para os personagens e isso tudo em um HQ, nunca li nada assim. Quero ler.

    Abraços.
    https://cabinedeleitura0.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  5. Olá, tudo bem?

    Não sabia que existia HQ's com esse tema. Acredito que para iniciar ou entender um pouco mais, essa HQ é bem indicada. Confesso que não curto esse tipo de história, mas lendo essa resenha, fiquei com vontade. Além, de entrar nesse mundo de HQ.

    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Olá eu não sabia que essa hq se tratava de algo tão serio e que era sobre alguem que sofreu por causa do holocausto mais eu não conseguiria ler essa historia não mais dica anotada

    ResponderExcluir
  7. oiii tudo bem?
    Parabéns pela resenha. eu amo HQ's, irei anotar esse dica. gostei da mescla de HQ com o tema proposto, espero que seja uma experiência boa de leitura para mim.

    abraços.

    ResponderExcluir
  8. Oiii,

    Gosto muitoo de conferir histórias que relatam o holocausto, me sinto com mais conhecimento do que o mundo precisa evitar e de como o ser humano pode ser terrível, e gostei bastante da premissa desta história e fiquei curiosa porque acho que não li um relato de alguém que tivesse vivido na Polônia, mas infelizmente HQ não é muito meu estilo, eu sempre me perco de mais na leitura e acabou deixando coisas importantes para trás. De toda forma parece ser uma obra rica, e tratar os personagens como animais é interessante, me lembra de A revolucao dos bichos rs.

    Beijinhos...
    http://www.paraisoliterario.com

    ResponderExcluir
  9. Oi Vanessa.

    Eu ainda não tinha lido uma resenha sobre este li e gostei bastante da sua opinião. Principalmente quando mencionou que o autor representou os personagens como animais. Isso foi bem criativo. Sua dica está anotada e obrigada pela opinião.

    Bjos
    http://historiasexistemparaseremcontadas.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  10. Vanessa, confesso que já tinha visto essa capa pelas redes sociais, mas nunca tinha parado para me informar sobre seu enredo. Achei curiosa essa ideia do autor de representar os seus personagens por animais. E deve ser tensa mesmo essa história, esse período dos nazistas foi um período de barbaridades.
    Parabéns pela leitura crítica, pelo ótimo texto e pelas fotos lindas. Valeu pela dica de leitura.

    Leituras, vida e paixões!!!

    ResponderExcluir
  11. Amo essa temática da segunda guerra. São histórias difíceis mas poderosas. Gostei de saber que embora as personagens sejam retratadas como animais, não abrandaram a história. Já quero.
    Bjs

    ResponderExcluir
  12. Olá, tudo bem? Adoro o tema II Geurra Mundial e HQ's, por isso só me falta tempo para ler este quadrinho haha Sempre que vejo resenha sobre ele, são elogios rasgados então tenho certeza que irei gostar. Sua resenha me deixou com mais expectativas ainda <3
    Beijos,
    http://diariasleituras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  13. Olha, não sabia que essa HQ tratava desse assunto... Já tô tipo, querendo muito! Leio poucas HQs, mas tenho tido a oportunidade de experiências incríveis!

    ResponderExcluir