quarta-feira, 27 de dezembro de 2017

[Resenha] Vacas: nem toda mulher quer ser uma princesa, Dawn O'Porter

Título: Vacas: nem toda mulher quer ser uma princesa
Autor: Dawn O'Porter
Cortesia: HarperCollins Brasil (cortesia)
Páginas: 336
Onde Comprar: Amazon

"Vacas são animais incrivelmente complexas; elas fazem amigos e até se apaixonam, também sentem medo, raiva e podem guardar rancor.".

Olá leitores!

Quero começar minha fala de hoje dizendo o quanto me surpreendi ao realizar a leitura de Vacas.

Já esperava que fosse um livro voltado para a luta feminina, que retratasse o feminismo e o padrão que a sociedade insiste em rotular. Mas não imaginava que o sentimento após finalizar a leitura fosse U-A-U!

Nunca havia me deparado com uma obra tão surpreendente que “bota a cara no mundo” para mostrar a que veio. É abarrotada de ensinamentos, lições e conselhos de atitude, de faça, de você é capaz. Nos mostra o quão difícil é libertar a mulher dos padrões e rótulos que foram impostos ao longo da existência da humanidade.

É sem igual!
"Existem vários tipos de mulheres, e todo esforço é necessário para que elas não sejam vistas apenas como novilhas ou vacas. Mulheres não precisam se encaixar em estereótipos. Vacas não precisam seguir o rebanho.".
Aqui, conhecemos três grandes personagens, Cam, Stella, e Tara que são incríveis mulheres e fenomenais dentro daquilo que fazem. Nos deparamos com a luta de cada uma para, a cada dia, provar ao mundo que são capazes, ainda que seja fora dos rótulos e cobranças.

Cam, é super famosa devido ao seu Blog de grande sucesso. Uma mulher totalmente feminista que recebe críticas e elogios todos os dias por aquilo que escreve e impõe sobre si mesma.

Stella, uma das personalidades mais frágeis do enredo, enfrenta problemas psicológicos e acredita que não será uma pessoa realizada se não for igualmente fantástica como sua irmã gêmea.

Tara é muito bem resolvida e lida com o machismo todos os dias. Uma pessoa realizada profissionalmente, mãe solteira, e que deseja incessantemente encontrar uma figura de “pai” para sua filha. Porém acontece um escândalo envolvendo sua intimidade que faz seu mundo desabar, afetando sua independência, sucesso profissional e principalmente a sua figura de mãe.
"Mas direitos das mulheres é um assunto delicado. Há uma luta - o feminismo-, mas há vários tipos de mulheres, e agradar a todas é impossível.". 
O livro aborda os problemas que o mundo enfrenta hoje em dia de uma forma muito emocionante e, as vezes, divertida. Dei boas risadas durante a leitura e também fiquei muito apreensiva com alguns acontecimentos. 

Me apeguei a cada uma das três personagens principais e me envolvi profundamente com os empasses delas. Cada capítulo um acontecimento que me fazia pensar “NOSSA, VAI ACABAR ASSIM?” e, sempre fui surpreendida pela mensagem de superação demonstrada em cada obstáculo enfrentado.


"Se alguém está tratando você como objeto por causa da sua sexualidade, RECUSE os rótulos. Se tem alguém te impedindo de conquistar o que você quer, FALE. Se a pessoa continuar em seu caminho, SIGA EM FRENTE... Pare de se fazer de vítima, dizendo "Por eu ser mulher" e "ser mulher é difícil porque" no começo de toda frase para descrever seu sucesso ou seu fracasso.". 
A temática do livro é muito rica e tem muito a mostrar. A escolha de ser feliz cabe unicamente a nós e se não lutarmos pelo que desejamos, seja fora dos padrões impostos ou não, não terá ninguém que faça em nosso lugar. 
"Quando se tem uma rotina, só restam duas escolhas: continuar nela ou lutar para sair.". 
E a forma pela qual as personagens se interligam é o ponto chave que mais me encantou na obra. Ainda que as histórias de vida sejam distintas, de certa forma, elas possuem o mesmo propósito: ser feliz com suas escolhas. 

A obra nos faz refletir, sentir, e lutar pelo fim do preconceito, pelo fim da discriminação, pelo fim dos rótulos, para que não mais vejam a mulher como uma vaca que segue o rebanho, mas sim pessoas de atitudes e realizações que são capazes de conquistar o que desejarem, independente da sexualidade. 
"Se vir algo errado, fale; se colocarem você para baixo, fale; assuma o controle do seu próprio destino.".
Agradeço imensamente a Editora HarperCollins pelo brilhante trabalho realizado com Vacas. A literatura precisava de uma obra grandiosa como tal. Foi o primeiro título do catálogo que tive contato e foi a deixa que precisava para conhecer os inúmeros que virão pela frente. Também não posso deixar de agradecer a Dawn O'Porter, que me fez refletir sobre importantes questões que se não fosse pela forma abordada na obra, ficariam adormecidas. Suas palavras acordou o mundo! Obrigada!

Classificação:


17 comentários:

  1. Acredito que a obra possa ser interessante para o público a que ele é destinado, mas vou passar a dica desta vez. Gostei do post! Boa sorte com o blog :)

    ResponderExcluir
  2. Como não conhecia o livro, fiquei um pouco apreensiva com o título.rs Talvez tenha sido esta a intenção da autora e editora, chocar! E acredito que tenham conseguido.
    Acho que a luta feminina nunca chegou em um ponto tão elevado como nos últimos tempos e nem precisava disso né? Se tudo já fosse igual desde o começo. Mas já que não foi, que venham os gritos de liberdade e chega de fazer o que uma sociedade machista sempre impôs!
    Vai para a lista de desejados com certeza!
    Beijo

    ResponderExcluir
  3. Olá, tudo bem? Já tinha visto o livro, e confesso que da primeira vez achei o título engraçado, rs. Não sabia do que a obra tratava, mas gostei de saber e fiquei bem curiosa pra ler... Ótima dica!

    Beijos,
    https://duaslivreiras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Gostei das dicas, vou ver se vou conseguir ler o livro, achei interessante.
    Obrigada e até a próxima! ^^

    ResponderExcluir
  5. Oi, Amanda!
    Eu estou de olho nesse livro desde o lançamento, com muuuuuuuita vontade de ler mesmo. Agora com essa resenha infinitamente positiva, eu preciso dele pra ontem. Adorei!
    Beijão

    ResponderExcluir
  6. Olá, muito boa sua resenha. Eu estou com muita vontade de ler "Vacas" e conhecer mais dessas três personagens e o que suas histórias tem para nos ensinar.

    petalasdeliberdade.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Oi, tudo bem?
    Esta é minha leitura atual e nossa, está mexendo muito comigo. Ainda não cheguei na metade, mas estou muito apegada às 3 personagens.
    Bjs

    ResponderExcluir
  8. Oi, Amanda. Eu tenho visto muita gente elogiando esse livro e fico cada vez mais curiosa com ele. Eu adorei a tua resenha sobre a obra e fiquei ainda mais interessada. Eu espero poder realizar a leitura em breve e quando eu conseguir ler eu tenho certeza que vou gostar muito também.

    ResponderExcluir
  9. Ainda não tinha visto esse livro. O título é bem irônico, o que é ótimo. Vou anotar a dica, pois amo livro que abordam o tema do feminismo, quebra de esteriótipos feminino.

    Beijos

    ResponderExcluir
  10. Oi Amanda não conhecia o livro e pelo título percebe-se mesmo que tem um pé na luta feminina. Pela sua resenha o enredo parece ser inteligente, gostei da interligação entre os personagens.
    Bjs, Rose

    ResponderExcluir
  11. Olá!
    Já tinha visto essa capa, mas não sabia do que se tratava realmente. Acho interessante a diferença das personagens e ao mesmo tempo serem fortes e lutarem por seus ideais.
    E por sua resenha a trama cumpre bem a proposta.
    Certamente me agradaria essa leitura.
    Beijos!

    Camila de Moraes

    ResponderExcluir
  12. Oie!
    Esse livro é maravilhoso, né?
    Eu sempre vejo resenhas dele e fico impressionada com a mensagem que passa, e a capa é simplesmente incrível. Adorei seu post!

    ResponderExcluir
  13. Oieee, não conhecia o livro, mas depois de tantos elogios a obra não tem como não sentir uma vontade incontrolável de sair correndo para le-lo, obrigada pela dica, com certeza irei ler

    bjs

    www.leituraentreamigas.com.br

    ResponderExcluir
  14. Oi! O livro é tão impactante, a começar pelo título e o contraste das cores na capa. E a premissa então, me deixou muito curiosa para ler.
    A luta feminina é um assunto que me atrai bastante, portanto vou anotar a dica aqui.
    Obrigada pela indicação!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  15. Olá!

    Mais que o título ou o livro em si, suas palavras mexeram comigo de uma forma que eu preciso ler Vacas para ontem. No momento em que vivemos livros emponderadores são de extrema importância e eu ainda não tinha visto um livro de narrativa com esse propósito claro, vou realizar essa leitura com toda a certeza. Obrigada pela dica.

    Beijos

    ResponderExcluir
  16. Oii.
    Eu amei o titulo desse livro, já o leria só por isso kkk. Já vi muita gente falando super bem dele então eu estou bem curiosa para fazer a leitura.
    Adorei sua resenha <3

    ResponderExcluir
  17. Geeeeente, preciso desse livro.
    Não conhecia o livro até o momento, sua resenha foi LINDA, muito bem escrita, bem estruturada e organizada. PARABÉNS
    Amei as fotos, amei a capa, amei tudo.
    Achei a premissa maravilhosa, nunca li nada assim e já vai para minha lista.

    ResponderExcluir