domingo, 12 de novembro de 2017

To be Read - Novembro/2017

Oioi pessoal, como vocês estão?

Ainda dá tempo de fazer a TBR? – Sim estou atrasada para caramba! 😂 – Mas antes tarde do que nunca haha. Esse mês, quem escolheu minha TBR foram vocês lá no Instagram. Abri nos stories a votação, então, se vocês não me seguem, me sigam para não perder nada (@umoceanodehistorias). Esse mês, escolhemos apenas quatro livros, apesar de eu precisar ler mais, confesso, vamos lá?

Ninguém nasce herói, Eric Novello
Num futuro em que o Brasil é liderado por um fundamentalista religioso, o Escolhido, o simples ato de distribuir livros na rua é visto como rebeldia. Esse foi o jeito que Chuvisco encontrou para resistir e tentar mudar a sua realidade, um pouquinho que seja: ele e os amigos entregam exemplares proibidos pelo governo a quem passa pela praça Roosevelt, no centro de São Paulo, sempre atentos para o caso de algum policial aparecer. Outro perigo que precisam enfrentar enquanto tentam viver sua juventude são as milícias urbanas, como a Guarda Branca: seus integrantes perseguem diversas minorias, incentivados pelo governo. É esse grupo que Chuvisco encontra espancando um garoto nos arredores da rua Augusta. A situação obriga o jovem a agir como um verdadeiro super-herói para tentar ajudá-lo — e esse é só o começo. Aos poucos, Chuvisco percebe que terá de fazer mais do que apenas distribuir livros se quiser mudar seu futuro e o do país.


Os Criadores de Coincidências, Yoav Blum
E se o trem que você perdeu, o café que derrubou, o bilhete que encontrou não forem eventos aleatórios? E se o destino do mundo estiver sendo manipulado por pessoas especializadas em criar acasos?
Neste romance best-seller do israelense Yoav Blum, o destino é o protagonista – mas ele não depende de sorte ou intervenção divina.
Emily, Eric e Guy trabalham numa espécie sobrenatural de organização secreta há alguns anos. Eles estudaram disciplinas como interferências em sonhos, distribuição de sorte e como ser amigos imaginários, até se tornarem criadores de coincidências. Agora, de tempos em tempos, recebem complexas missões a serem executadas. Seu trabalho é permanecer na área cinzenta entre destino e livre arbítrio, onde eles criam situações que criam situações que criam mais situações que darão origem a pensamentos e decisões, gerando os mais diversos resultados: o encontro de almas gêmeas, invenções que podem mudar o mundo, a inspiração que dará origem a obras-primas.
Mas, quando Guy recebe uma missão especial, que vai além daquilo que ele acredita poder fazer, as coisas começam a se mover de forma a mudar tudo o que os criadores de coincidências entendem sobre a vida e a verdadeira natureza do amor.
Um thriller improvável sobre os operários invisíveis que mantêm girando as engrenagens do acaso.

O Segundo Caçador, Bruno Crispim
Will volta do trabalho de ônibus. É um dia como qualquer outro. Se não tivesse ido trabalhar durante suas preciosas férias, ele nem estaria irritado. E se estivesse calmo, talvez não reagisse ao assalto. Mas ele reage. E o péssimo começo só aumenta a brutalidade dos assaltantes.
As complicações dessa escolha ressoarão pelo resto da vida de Will. Dentre os vários feridos, três morrem. Dois, pelas suas mãos.
Vivo, mas traumatizado, Will luta para voltar à vida normal enquanto é bombardeado pelas ideias ingênuas de seu melhor amigo que defende a forma que Will agiu no ônibus. Para ele, a sociedade cria aberrações que não têm o direito de estarem vivas. São pessoas tão cruéis que se fossem eliminadas, todos seriam beneficiados.
Mesmo sem se interessar pelas fantasias do amigo, mais barbárie é trazida à sua vida. Ele tenta, mas não consegue deixar de reagir. A partir daí, ele se envolve numa espiral crescente de violência, desistindo da sua alma para se transformar num justiceiro.
Ele acredita fazer o Bem Maior; um mal necessário, que ninguém tem estômago para fazer. E ele é bom nisso. Ninguém consegue detê-lo. Logo, ele se transforma numa lenda urbana, um dos Caçadores. Ele só não percebe que aos poucos perde sua humanidade e se transforma num dos monstros que costuma caçar.
Só uma pessoa tem o poder de enjaular seu ódio sem limites. Só seu amor pode trazê-lo paz. Mas, depois de tudo o que ele fez, ainda existe algo para ser salvo?

O Beijo Traiçoeiro, Erin Beaty
Com sua língua afiada e seu temperamento rebelde, Sage Fowler está longe de ser considerada uma dama — e não dá a mínima para isso. Depois de ser julgada inapta para o casamento, Sage acaba se tornando aprendiz de casamenteira e logo recebe uma tarefa importante: acompanhar a comitiva de jovens damas da nobreza a caminho do Concordium, um evento na capital do reino, onde uniões entre grandes famílias são firmadas. Para formar bons pares, Sage anota em um livro tudo o que consegue descobrir sobre as garotas e seus pretendentes — inclusive os oficiais de alta patente encarregados de proteger o grupo durante essa longa jornada. Conforme a escolta militar percebe uma conspiração se formando, Sage é recrutada por um belo soldado para conseguir informações. Quanto mais descobre em sua espionagem, mais ela se envolve numa teia de disfarces, intrigas e identidades secretas. E, com o destino do reino em jogo, a última coisa que esperava era viver um romance de tirar o fôlego.

Hoje já é dia 12 e sabem quantos da TBR eu li? NENHUM, mas tá tudo certo, esperança é a última que morre 😂😂


Já leram algum desses livros? O que pretendem ler em Novembro?


Beijos,

9 comentários:

  1. Nossa, quanta coisa boa você leu! Que bacana!!!! Adorei saber um pouquinho de cada uma... Interessou-me o "Ninguém nasce herói" - Certamente vou procurar!

    ResponderExcluir
  2. Bruna que TBR grande menina, fiquei chocada pela quantidade de livros que vais desafiar e espero que consigas, eu sou toda errada para ler tanta coisa, estarei torcendo e espero que traga os resultados para nós.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  3. Oi, Bruna. Menina, acredita que eu ainda não te seguia no Instragram? Mudei isso agora mesmo! Gosto bastante do teu blog e fiquei aqui de bobeira que descobri que não estava lá no ig ainda!!!

    Então, eu ainda não li nenhum desses livros, mas todos parecem ser muito bons. Espero que você consiga ler todos.

    ResponderExcluir
  4. Oi, Bruna!
    Dos livros citados eu ainda não li nenhum, mas estou morrendo de vontade de ler O beijo traiçoeiro e Ninguém nasce heroi.
    Boa sorte com sua TBR!
    Bjos!
    Lucy - Por essas páginas

    ResponderExcluir
  5. Ninguém Nasce Herói parece ser muito bom e estou namorando O Beijo Traiçoeiro faz tempo, quero ver se consigo ler logo.
    Beijos
    Mari
    Pequenos Retalhos

    ResponderExcluir
  6. Não conhecia os livros citados, o último eu vi uma resenha. Eu confesso que não sabia o que é TBR e fui pesquisar no Google, continuo sem saber direito kkkk
    Mesmo assim te desejo muito boa sorte com as leituras. Meu novembro está uma loucura, tenho livro de parceria, tenho e-book no celular, no tablet... e mesmo assim
    não paro de comprar kkk

    Beijos.
    https://cabinedeleitura0.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Oi.
    Eu já desisti de fazer metas porque nunca cumpro o que queria.
    Desses que você destacou quero muito ler o beijo traiçoeiro, já estou até aqui com ele em ponto de bala. Mas sabe quando você inicia uma série e tem que passar outros livros na frente por conta de parceria e fica com peso na consciência por não ter lido a série completa? Estou assim com DUAS séries.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  8. Oie! Esse mês um dos livros que pretendo ler é a continuação de Cinder da série Crônicas Lunares!
    Estou louca pra ler O Beijo Traiçoeiro, e a proposta do livro Ninguém Nasce Herói é muito boa! Espero que consiga ler todos os livros da sua TBR. :)

    Beijos,
    Eli - Leitura Entre Amigas
    http://www.leituraentreamigas.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Ola legal sua tbr. Dos seus livros escolhidos o unico que tambem esta na minha lista é o segundo cacador. Espero resenha do beijo tracoeiro

    ResponderExcluir