domingo, 26 de novembro de 2017

[Primeiras Impressões] Procura-se um coração

Procura-se, escrito pela Giovanna Vaccaro, é um dos novos lançamentos da Editora Coerência. O livro foi reescrito e dividido em duas partes: Procura-se um coração e Procura-se um amor. Hoje vou conversar um pouco sobre Procura-se um coração.

Ariane, nossa protagonista, sofre de uma doença no coração: coronariana. Seu coração é fraco e ela pode morrer a qualquer momento. Entretanto, ela segue sua vida da maneira que pode. As coisas começam a mudar quando aparece um novo aluno na escola: Miles. Sua melhor amiga, Callie, está disposta a fazer de tudo para aproximar os dois, mesmo Ari não querendo. Só que a aproximação fica inevitável quando Ari e Miles precisam fazer um trabalho juntos. 
“As pessoas sempre pensam que uma doença terminal não pode acontecer com elas ou com as pessoas de suas famílias. Mas, no meu caso, era inevitável. A minha família tinha um problema: a cada duas gerações, nascia alguém com problemas cardíacos, isso não tinha explicação alguma na ciência, talvez fosse apenas má sorte.”

Miles, na verdade, não é um aluno novo. Ele já estudou no mesmo colégio e conhecia Ari e Callie, mas ele era desengonçado e agora está um g-a-t-o! Como diz Callie, ao longo da trama, é impossível não shippar os dois. O que irá acontecer com eles?

Pelo que li até agora (página 151, porque não consegui parar antes para fazer esse post) percebi que a autora irá trabalhar temas importantes como uma doença que pode matar a qualquer momento – não é câncer! –, a descoberta de um amor e seu reencontro como pessoa. Ari, antes de conhecer e ter que conviver com Miles apenas existia. Ela tinha sonhos e desejos, mas aceitava muito bem sua morte. Afinal, era algo que convivia com ela há muito tempo. Esse sentimento começa a mudar conforme ela se envolve com Miles. 
“A vida pode nos derrubar, mas somos nós quem escolhemos se devemos seguir em frente ou não. Escolhi seguir em frente.”

Ao mesmo tempo que esse livro está sendo amorzinho da vida pelos personagens, está sendo doloroso porque eu imagino qual final teremos para ele – e espero que não seja triste. A Ari, em alguns momentos, me irrita, pois, ela é extremamente grossa com Miles, mas como não amá-la e torcer para que o mundo resolva todos seus problemas? Já Miles é amorzinho da vida, né gente?, aquele rapaz que a gente quer em nossa vida não importa a idade que tenhamos. E Callie é minha personagem favorita até agora, acho que é porque eu me vejo muito nela, em suas falas e atitudes. Também gostei muito de como a Giovanna trabalhou a questão da comida. A Ari come demais e jogue a primeira pedra quem não se identifica. 
“- Eu poderia comer para sempre, porque sempre estou com fome. E não só por causa da fome, mas também porque é muito bom...”

Estou muito ansiosa para saber o que vai acontecer nessa trama e com muito medo de terminar.



Lembrando que no dia 02 de dezembro teremos um evento de lançamento na Livraria Cultura do Conjunto Nacional. O evento promete ser um sucesso e, só pelo quão incrível o livro é até agora, já sei que vale muito à pena ir!

13 comentários:

  1. A trama é uma delicinha, aquelas que nos faz suspirar e chorar. Fiquei curiosa em saber o desfecho de Miles e Ari, o livro tem tudo para ser um sucesso, boa sorte no lançamento.

    Beijos.
    https://cabinedeleitura0.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Olá!
    Olha se as primeiras impressões foram.assim tão arrebatadoras, fico curiosa pra saber como será o desenrolar desse drama.
    Vou aguardar sua resenha pra poder decidir se encaixo na lista de leituras.
    Beijos!

    Camilade Moraes.

    ResponderExcluir
  3. Olá, tudo bem? Estou vendo bastante este livro por aí ultimamente e cada vez fico mais curiosa para lê-lo. Adorei saber tuas primeiras impressões, parece ser uma estória incrível!

    Beijos,
    http://duaslivreiras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Ainw que amor só pela resenha já shippei o casal e estou preocupada com o final vou ler e qualquer coisa no fim pegamos a autora.
    Beijos
    Anne

    ResponderExcluir
  5. Olá Bruna
    Seu blog é maravilhoso, tudo muito bem organizado!
    Estou te seguindo..
    Olha eu comprei esse livro na BF e espero começar a ler ele em breve!
    Adorei suas primeiras impressões..

    Beijos
    https://florescendolivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. Bruna que legal conferir suas primeiras impressões desse livro, eu não conhecia, mas achei a temática importante, interssante e com certeza deve emocionar. Torcendo para que os dois livros sejam lancados juntos, sucesso total. Achei a capa muito linda. Beijos

    Leituras, vida paixões!!!

    ResponderExcluir
  7. oieee
    primeiro que minha impressão dessa capa é que ela ficou maravilhosaaaa, e se suas primeiras impressões foram assim já estou ansiosa pela leitura

    ResponderExcluir
  8. Olá! Tudo bom?
    ultimamente essa é uma das editora que estou mais amando, adoro os livros que ela está lançando , esse m e pareceu ser muito bom.
    Beijos, Joyce de Freitas.

    ResponderExcluir
  9. Oie, tudo bem?!?! Já vi que rola um drama, problema de saúde... amei o nome do mocinho... que é o mesmo de outro personagem que amooooo...
    E a capa realmente está linda.
    Bjs

    ResponderExcluir
  10. Oi, tudo bem?

    Acho que já conheço esse livro, vi a capa dele em algum blog, mas não li mais nada sobre ele. Gostei das suas impressões sobre a obra, e agora fiquei interessada na leitura. Vou esperar e ver se sai a resenha completa para me decidir.

    ResponderExcluir
  11. Olá
    A história parece ser muito bonita, adoro essa coisa de tratar de doenças graves e/ou raras, mesmo sendo triste acho que nos ensina a lidar melhor com certas coisas. Agora quero saber como termina essa história.

    ResponderExcluir
  12. Tô apaixonada na capa, achei tão linda. Gostei do fato de ser uma outra doença fora o câncer, e já tô triste com a história, mas quero muito ler. Gostei das suas impressões.
    www.belapsicose.com

    ResponderExcluir
  13. Oi! Pelas primeiras impressões a leitura parece ser bem fofa.
    E mesmo imaginando algo mais melodramático, não pude deixar de ficar curiosa com desfecho.
    Vou aguardar resenha completa par saber mais.
    Beijos!

    ResponderExcluir