segunda-feira, 18 de setembro de 2017

[Resenha] Quando é inverno em nosso coração, Américo Simões

Título: Quando é inverno em nosso coração.
Autor: Américo Simões
Editora: Petit Editora (cortesia)
Páginas: 352
Onde comprar: Amazon | Saraiva

“Suas escolhas farão o você de amanhã...”

Quando é inverno em nosso coração se passa em um lar europeu no final do século 19 e nos apresenta à história de Clara, uma linda jovem apaixonada pela vida. Ela tem uma vida bastante boa, vive em uma mansão regada a regalias, com a irmã, o pai e vários criados. Sua relação com o pai é bastante boa, mas com a irmã, Amanda, ela é magnífica. As duas se tratam como mãe e filha e o amor entre elas é palpável. Nossa querida protagonista também nutre um amor pelo jardineiro, o Raymond, ou Ray, para os íntimos. 
“- Nós somos como as quatro estações – observou Clara, em seguida. – Às vezes, é inverno em nosso coração; em outras, verão... Noutras, primavera ou outono...
- Em meu coração, Clara, será sempre primavera e verão. As estações mais alegres... Porque tenho você dentro dele.”

Tudo estaria muito bem, mesmo sabendo que o pai não vai aceitar seu envolvimento com Ray, Clara continua persistindo e tem em mente que tudo dará certo. A situação muda completamente quando Clara descobre que está prometida para o belo e rico Raphael, filho de um influente e temido homem. Casar-se com Raphael é, para Clara, sua ruína, mas o rapaz não é de todo ruim, ele se encanta e se apaixona pela moça, jurando que a fara feliz.

Às vésperas do casamento, no entanto, uma doença rara e desconhecida acomete Clara e a deixa de cama, impossibilitando-a de se casar. O acordo feito entre os pais não pode ser desfeito e Amanda assume o lugar da irmã, casando-se com Raphael, um homem por quem ela se encantou desde o início. Pouco após o matrimônio, Clara é milagrosamente curada e a obsessão de Raphael é tão forte que fará coisas terríveis acontecerem. 
“- Ouse! Todos deveriam ousar desfazer mal-entendidos! Peça-lhe desculpas e exponha as razões que o levaram a fazer o que fez. Se você não disser, ela pode nunca vir a saber. O que será uma pena.
(...)”

Fazia muito tempo que não lia nenhum livro desse gênero e confesso que já estava morrendo de saudades dos ensinamentos que ele traz e das histórias bárbaras que conhecemos. A Clara e a Amanda são duas pessoas incríveis, elas são encantadoras tanto separadas quanto juntas. Ray é um amor em forma de gente – até ele cometer vários erros. E Raphael é um homem que você torce para que não que apareça nunca, mas que te encanta, revolta e conquista novamente.


A história que esse livro narra é fascinante, pois mostra como o ser humano é. Como ele erra, tenta remediar seu erro, torna a errar, e continua nesse ciclo até acertar a situação da forma que deveria ter feito desde o início. Ele também fala sobre segundas chances, sobre as escolhas que fazemos lá em cima para remediar erros que cometemos e sobre como nos deixamos levar por espíritos não virtuosos que querem nosso mal.

Gostaria de dizer muito mais sobre esse livro incrível, mas tudo seria revelar mais da história do que acho necessário e estragar a oportunidade de vocês curtirem. Sei que muitos não curtem livros desse gênero, mas acho que deveriam dar uma chance e imaginar que trata-se de uma ficção, pois é uma obra que vai acrescentar demais, tenham certeza! 
“A quem você quer servir hoje?
Ao rancor ou à compreensão?
À mágoa ou à superação?
Ao amor ou ao desamor?
À ignorância ou à sapiência que está em seu coração, que vem da alma e espera apenas que nos sirvamos dela?
A Deus ou às trevas?
Aos espíritos obsessores ou aos espíritos de luz?
Ao lado bom ou ao ruim?
Ao Maior ou ao menor?
Ao grandioso ou ao pequeno?
À luz ou à escuridão?
À inteligência ou à limitação?
Ao bom senso ou a à ignorância?
A quem?
A quem você quer servir hoje?
Quem merece sua atenção hoje?
Quem você permitirá que comande seu veleiro pelos mares da vida?
Como quer reagir à tormenta que porventura o amor lhe trouxer?
A quem quer servir, doar seu coração, sua alma, seu amor mais profundo?
A quem?
A quem você quer servir hoje?

Suas escolhas farão o você de amanhã...”


Classificação:

15 comentários:

  1. Oi, Bruna. Fiquei na dúvida se o Raphael era tão ruim assim. Nunca ouvi falar da autora mas gostei da temática, amo romances de época, por isso vou dar uma olhada.
    Beijos
    http://www.leitoraencantada.com/

    ResponderExcluir
  2. Esse livro é maravilhoso! Sou a louca dos romances Espíritas kkk Amei sua resenha só me deixou mais animada!

    ResponderExcluir
  3. Oi Bruna, me encantei pela capa e fiquei curiosa com este Raphael. Confesso que pela resenha inicial não parece que eu vá simpatizar muito com ele, mas depois você diz que ele ao mesmo tempo que nos faz odiar, nos conquista também... Preciso ler para conferir.
    Bjs, Rose

    ResponderExcluir
  4. Romances espiritas são maravilhosos, a gente tira algumas lições maravilhosas ♥ Clara é uma personagem linda pelo que percebi.
    Um livro que mostra os erros do ser humano e como ele é, sempre é bem vindo, preciso ler logo mais um romances deses ♥

    ResponderExcluir
  5. Ola,
    Tudo? Interessante essa história minha mãe adora histórias assim então vou indicar para ela.Gostei da premissa e essa capa é maravilhosa. Já tinha visto esse "poema" e realmente nos faz refletir. Bela resenha.
    Beijos
    Raquel Machado
    Leitura Kriativa
    http://leiturakriativa.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. Oi Bruna,
    Estou com esse livro em casa e pretendo lê-lo em breve
    adorei a tua resenha e fiquei mais animada ainda pra fazer essa leitura.
    A capa é linda mesmo.
    Beijooos

    ResponderExcluir
  7. Oiiie

    Que capa linda! Você me deixou curiosa para saber se odiarei ou amarei Raphael hahahahha

    Faz um tempo que não leio romances de epoca, deu ate vontade de ler algum

    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Oi Bruna, tudo bem?
    Confesso que esse é um gênero que não costumo ler e que, sinceramente, nenhum título até hoje despertou minha curiosidade.
    Esse, no entanto, parece ser bem interessante e me deixou com vontade de ler. Gostei da premissa e fiquei curiosa para saber mais sobre esses personagens e como se desenvolve essa relação conturbada. Além disso, parece ser uma leitura que traz ensinamentos muito bonitos, o que a torna ainda mais interessante.
    Adorei sua resenha e vou anotar a dica!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  9. Amo livros do gênero, eles sempre trazem ensinamentos valiosos. E gostei muito desse tratar dos erros até um dia vir o acerto e da questão das escolhas e das segundas chances. E é aquilo né, pra um espírito que quer nosso mal poder nos prejudicar temos que dar alguma abertura, então é importante estar atento, orar e sempre tentar fazer nosso melhor.

    ResponderExcluir
  10. Olá, acho que nunca li um livo do gênero, então não sei muito o que dizer sobre essa história, só que não tenho uma conexão com os personagens ou com a premissa. Que bom que ele traz essas lições. Bjs

    ResponderExcluir
  11. Nossa que delicia de resenha, eu não conhecia ele, mas essa capa está tão bonita, eu fiquei encantada, parabéns pela sua resenha. E é ótimo que traga lições, sempre são bem vindas.

    Beijos

    ResponderExcluir
  12. Oii, tudo bem?
    Ultimamente eu tenho gostado muito de livros com essa tematica, eles sempre trazer uma lição que fica para toda a vida. Estou muito ansiosa para conhecer a historia de Clara.

    ResponderExcluir
  13. Hey!
    Não conhecia a obra e confesso não ser muito fã do gênero, mas admito que sua resenha me deixou curiosa para saber o que rola na história, vou pesquisar mais depois.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  14. Oie
    Não sei se é algo que leria por agora mas bem interessante, muito bom saber que é uma leitura tão interessante e amor, boa dica

    beijos
    http://www.prismaliterario.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Olá,
    Não conhecia o título, mas fiquei encantada com a sua resenha e doida para conhecer os personagens, principalmente a Clara e o Ray.
    Adorei saber que ele nos mostra que o ser humano é falho e que tenta aprender com os erros.

    LEITURA DESCONTROLADA

    ResponderExcluir