segunda-feira, 11 de setembro de 2017

[Resenha] Menina Má, William March

Título: Menina Má
Autor: William March
Editora: DarkSide Books
Páginas: 272
Onde comprar: Amazon | Saraiva

"O que você me dá se eu der para você uma cesta de beijinhos?"

Rhoda é uma menininha perfeita. Linda, educada e séria demais para a idade dela. Não faz bagunça e não perturba os adultos com brincadeiras de criança. Ela é o tipo de filha que todas as mães gostariam de ter. Sendo assim, Christine Penmark, se considerava a mulher mais sortuda do mundo. Até que, depois de um fatídico dia, sua vida nunca mais foi a mesma.

Rhoda sempre foi uma garotinha fria, mas a mãe nunca poderia imaginar que ela seria materialista a ponto de cometer atos calculados demais e depois conseguir mentir descaradamente sobre eles. Pior: ninguém poderia imaginar que Rhoda poderia matar sem sentir culpa depois. 
"Rhoda vai destruir todos nós. Na verdade, eu também não escapei. Na hora certa, ela vai destruir a todos."

Será a culpa dos pais que não a criaram da maneira correta? Será a culpa da genética? Será a maldade algo intrínseco, que já nasce dentro alguém e não tem hora para desabrochar? Será ela algo corrigível?

Sim, Menina Má é um livro polêmico, não só porque questiona a questão da maldade do ser humano, mas também porque brinca com as causas da construção geral de caráter de um indivíduo. Afinal, somos o que somos porque já nascemos assim ou tudo depende do ambiente de criação?

O mais me perturbou, no entanto, não foram nem as atitudes de Rhoda, mas sim, todos esses questionamentos sem resposta. Convenhamos, ninguém seria louco responder a essas perguntas com certeza. Sabemos que psicopatas existem, mas será só uma questão biológica? Psíquica? Pensem bem, a medicina e a psicologia sabem de tudo mesmo?

É, meu cérebro entrou em pane. E embora nada possa ser afirmado, cada tem possui uma opinião, sendo ela com ou sem fundamento científico. A minha, por exemplo, vai de encontro com a do próprio autor, que entrelaça a maldade de Rhoda à hereditariedade. Não vou mentir: essa ideia me incomoda, mas talvez eu mude minha forma de pensar se existirem provas concretas, um dia. Nenhuma verdade é absoluta e, aliás, ela está em constante mudança.

Também não posso deixar de mencionar outro fato que me deixou com um comichão: March não escreveu Menina Má com a intenção de causar polêmica. Pelo que entendi, as ideias do livro foram postas ali por dilemas pessoais. De qualquer maneira, de propósito ou não, Menina Má é um livro questionador, sim. E eu sou daquelas que adoram dar um nó no próprio cérebro. 
"Às vezes, é difícil entender por que tem de haver tanta dor e crueldade nesse mundo. Mas é algo que todos temos que enfrentar."



Classificação:

13 comentários:

  1. Oi tudo bem?
    Nunca havia parado para ler nada sobre esse livro mas pelo que li parece ser um livro bem polêmico daqueles que nos levam a refletir sobre algumas coisas que pensamos sobre a vida, fiquei curiosa sobre essa leitura.

    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Oi Gabrielle,
    é um livro polêmico sim. Eu adorei, e me pus a questionar o porquê da maldade humana. Adoro livros que no fazem pensar.
    bjs

    Amor por Livros

    ResponderExcluir
  3. OI Gaby;
    Eu tenho uma queda pelos livro da Darkside, são de um capricho de deixar qualquer um babando. Nunca tinha lido uma resenha deste livro e confesso que fiquei com ainda mais vontade de comprar, adoro ficar pensando na história depois que acaba o livro rsrs
    Beijos.
    https://cabinedeleitura0.blogspot.com.br/2017/09/voce-quer-um-balao.html

    ResponderExcluir
  4. Gostei bastante de ler essa obra. Apesar dela não causar medo hoje, faz com que a gente reflita a respeito. A editora caprichou nessa edição <3

    www.saidaminhalente.com

    ResponderExcluir
  5. Oiee Gabi ^^
    Apesar de a capa ser um pouco assustadora, eu tenho muita curiosidade de ler esse livro, pois sempre via muita gente elogiando. Parece ser o tipo de história que dá pane no cérebro mesmo...haha' Espero poder lê-lo um dia, e espero gostar e não ficar olhando as crianças na rua de modo diferente...haha'
    MilkMilks ♥
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. Oi, tudo bem?
    De fato, os questionamentos desse livro são muito perturbadores e não sei se algum dia teremos uma resposta para eles. Acredito que toda pessoa tem um lado bom e um lado mau, mas não dá para entender porque existem pessoas que são completamente más.
    Talvez por esse motivo, sempre fugi de livros e filmes que envolvessem psicopatas. Acho que são histórias perturbadoras demais. Assim, apesar de ter gostado muito da sua resenha, não pretendo ler este livro e vou passar a dica desta vez.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  7. Oie!

    Eu não sei se conseguiria realizar a leitura desse livro, mas não posso negar que o tema me interessa e muito, ainda mais com tantos questionamentos, e sou uma pessoa que ama séries/filmes/livros com psicopatas, é sempre interessante vê até onde essas pessoas são capazes de ir, então irei deixar essa dica anotada para futuramente!

    Bjss, Vem participar do nosso Sorteio! Não perca a oportunidade de ser um dos 3 ganhadores! http://resenhasteen.blogspot.com.br/2017/08/sorteio-do-desapego-3-ganhadores.html

    ResponderExcluir
  8. Já coloquei e tirei este livro da minha lista de livros para ler umas 200 vezes e ainda não me decidi se é um livro que vai funcionar pra mim. Mas a sua resenha empolgada me deixou com vontade de realmente ter a minha opinião sobre o enredo.
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
  9. Olá!

    Morro de nervoso desse livro, mas morro de vontade de ler também. Estou me preparando psicologicamente para ele, mas até o momento não me sinto no clima, assim que essa mare virar vou ler sim. Adorei sua resenha, está de parabéns.

    Beijos

    ResponderExcluir
  10. Olá,

    Gostei bastante da capa e do tema desse livro, gosto de ler coisas que nos fazem questionar a mente humana.

    Quando li o título achei que teria relação com um filme que vi quando criança, mas acho que o filme tinha um nome parecido, mas não igual.

    Irei procurar o livro para ler. gostei muito de como falou dele. Parabéns pelo post!

    ResponderExcluir
  11. Olá...
    Sempre leio excelentes comentários sobre essa obra, porém, nunca me interessei em ler porque a obra não faz muito meu estilo literário. Imagino que deva nos fazer refletir bastante, ainda mais com esses assuntos polemicos, mas, realmente, não é uma obra pra mim.
    Bjo

    ResponderExcluir
  12. Oie, tudo bem?
    Li esse livro ano passado e fiquei passada com a narrativa! Uma criança tão angelical, bem linda, e no fim é uma psicopata. Adorei, apesar de ficar com um pé atrás, haha.

    ResponderExcluir
  13. Sempre tive interesse nesse livro (aliás em praticamente todos da darkside) e essa resenha só reforçou. Resposta concreta para o que é esse transtorno de personalidade não tem, porem fico com o lado de que é não só um, mas a mistura de vários fatores, biológico,psicológico e social. Vou ver se arranjo esse livro o quanto antes.
    Bjs

    Não percam o TOP COMENTARISTA do mês, 1 ganhador e 2 livros.

    RevelandoSentimentos

    ResponderExcluir